Ubatuba Sailing Festival será palco do Campeonato Brasileiro de Oceano

usf-6-9-320-DSC_9210

Ubatuba Sailing Festival será palco do Campeonato Brasileiro de Oceano

 

Previsto para acontecer entre os dias 4 a 7 de setembro próximo as regatas do Ubatuba Sailing Festival deste ano serão também válidas para o Campeonato Brasileiro de Vela de Oceano, que abrange as classes ORC e BRA – RGS.

“Estamos muito honrados com a indicação.  Ubatuba tem apresentado ótimos eventos, tanto na quantidade de embarcações presentes na raia como na qualificação e organização.  Acho que a escolha é interessante também pela localização estratégica. Estamos  quase na divisa entre os estados do Rio de Janeiro e São Paulo. O novo momento da ORC e o fato da RGS ser muito forte em Ubatuba colaboram para um campeonato bastante disputado”, disse Alex Calabria, organizador do Ubatuba Sailing Festival.

Mario Martinez, comodoro da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano, ressalta que vários fatores se somaram na decisão da escolha do USF como palco do Brasileiro: 

“Ubatuba e o Ubatuba Sailing Festival estão se tornando um marco na vela. A região já merecia um campeonato de nível nacional e a escolha da ABVO é um reconhecimento dos esforços da atual diretoria do Ubatuba Iate Clube no incentivo da vela. 

O clube sempre recebeu muito bem os velejadores e vale lembrar que Ubatuba tem muitos barcos iniciando na vela. Acredito que seja muito positivo para estes novos velejadores poderem estar ao lado de grandes equipes de todo o Brasil”, completa.

No incentivo aos pólos de vela do litoral, a  ABVO propõe sedes itinerantes do Brasileiro. Em 2020 ele foi realizado no Rio de Janeiro durante o Circuito Rio e em 2022 já tem local definido, será em Itajaí (SC).

O presidente da Classe BRA-RGS, Alexandre Martinho, já se mostra entusiasmado com a possibilidade de participação de embarcações de vários estados: “em parceria com o UIC e ABVO vamos  fazer um belo evento, e com a expectativa de veleiros de, pelo menos quatro estados na raia:  SP , RJ , BA e SC.

A classe BRA-RGS utiliza uma fórmula desenvolvida para estabelecer ratings, através de um sistema simplificado de medição, para todos veleiros cabinados com acomodações internas, destinados a cruzeiro e lazer. E há muitos barcos com essa característica e ativos pela Classe na Flotilha de Ubatuba.

De antemão já desejo a todos bons ventos”,  completa Alexandre.

Alex Calabria lembra que “no ano passado o Ubatuba Sailing Festival marcou a retomada das regatas após o susto inicial com a pandemia. Precisávamos pensar de maneira diferente para que o então campeonato paulista acontecesse e todos ficassem contentes de estarem participando de regatas sem a tradicional confraternização em terra.  

Acho que as  práticas que adotamos serviram de modelos para outras regatas  no estado. Em 2020 foram 42 embarcações e o nível entre os competidores foi bem elevado. Agora com a oportunidade do brasileiro esperamos mais feras da vela brasileira prestigiando  as raias de Ubatuba”, concluiu Alex.